Onde a ficção científica e as reuniões se encontram: Bem-vindo ao mundo da tecnologia de reconhecimento facial

Prepare-se: o mais recente sucesso do cinema está vindo a uma reunião perto de você

Em um antigo episódio de Jornada nas Estrelas, um vilão (parte do Dominion, como os fãs do seriado provavelmente se lembram) usava um fone de ouvido com um visor que lhe permitia ver fora da nave (ou qualquer lugar que ele desejasse, na verdade) com um simples movimento de cabeça. Lembrou de algo específico? Se pensou no Google Glass, você não é o único. Na verdade, o criador usou a série de televisão como ponto focal de inspiração para sua invenção, que permite aos usuários projetar rapidamente visuais externos em um par de óculos. 

A tecnologia inspirada na ficção científica que infiltra na vida real não é nenhuma novidade. O dia a dia do setor de reuniões pode parecer um pouco menos cinematográfico, mas há pelo menos uma inovação digna de um grande sucesso de bilheteria com o potencial de transformar seu trabalho: tecnologia de reconhecimento facial. 

Designada pela MIT Technology Review como uma das principais 10 tecnologias para se observar este ano, a tecnologia de reconhecimento facial usa computadores para verificar a identidade da pessoa por meio de foto ou vídeo. Embora exista há algum tempo, a inovação está se tornando mais corriqueira a cada minuto, infiltrando-se em setores que de outro modo não a teriam usado mesmo um ano atrás. Aqui, resumimos três desses exemplos e o que isso significa para o setor de planejamento de eventos. 

Check-in (quase) instantâneo

O reconhecimento facial para efetuar check-in ou check-in da bagagem está sendo testado por algumas companhias aéreas. O passageiro entra em quiosques enquanto câmeras comparam seu rosto com as listas de fotos de passaportes. A ferramenta está progredindo no espaço de eventos também, mais notavelmente nos shows de grande escala. 

Para planejadores de eventos, efetuar check-in de participantes é um dos processos mais demorados e práticos associados às reuniões. Ainda que o check-in digital esteja certamente facilitando as coisas, imagine uma tecnologia que possa fazer todo o trabalho em uma fração do tempo. Este ano, a empresa Zenus, com sede em Houston, lançou um software que permite que os participantes usem o rosto em vez de ingressos para entrar no evento. O maior bônus é sem dúvida um check-in mais rápido, mas a segurança adicional e prevenção de fraude ajudam também. 

Exposição às mídias sociais

Embora seja um pouco irritante quando o Facebook solicita que você marque amigos em fotos antes mesmo de você ter tido a chance de identificá-los, é difícil argumentar com a capacidade da ferramenta de conectar conhecidos e até mesmo estranhos. Quando se trata do marketing do seu evento, tanto durante quanto depois, a tecnologia de reconhecimento facial por meio das mídias sociais pode ajudar a levar a sua mensagem a um público mais amplo e a círculos fora do seu, tudo por meio do poder do networking. Claro, visto que a tecnologia é arraigada na realidade, e não no futuro, certifique-se de obter a permissão dos participantes antes de postar e identificá-los em fotos relacionadas ao evento. 

Recepção após o evento

Do tédio à empolgação e confiança, Clever Carly já falou sobre como as expressões faciais e a linguagem corporal contam uma história especialmente verdadeira sobre nosso estado emocional. Ainda que você seja sem dúvida um profissional na leitura da linguagem corporal depois de fazer o teste de Carly, pode ser ainda mais complexo quando você tem a tarefa de ler dezenas, mesmo centenas, de rostos e corpos de uma vez. 

Aqui entra (sim, você adivinhou!) a tecnologia de reconhecimento facial para ler expressões. Ano passado, a agência de mídia MediaCom apresentou sua versão de “análise emocional,” que usa a tecnologia de reconhecimento facial para registrar o impacto emocional de um evento específico. 

Embora seja um caso isolado, a noção de eliminar os tradicionais formulários de feedback de eventos, mesmo as versões eletrônicas, pode ser revolucionária para avaliar e melhorar reuniões em tempo real em vez de aguardar semanas para receber o feedback de uma fração da lista de participantes. Além disso, a tecnologia captura feedback inerentemente honesto, sem distorções. 

Naturalmente, nem todas as tecnologias que surgem para eventos, seja para fins de check-in, mídias sociais ou feedback, serão boas para o seu evento. Certifique-se de consultar colegas e fontes especializadas antes de investir em uma tecnologia.  

Powered By OneLink