6 dicas para um boletim informativo eficaz

Quer cobertura na mídia? Veja como elaborar um boletim informativo marcante.

Muitas vezes, o planejamento de reuniões inclui um pouco de relações públicas e, se você quiser que a sua mensagem chegue à mídia, será necessário elaborar um comunicado à imprensa adequado para a notícia.

Porém, há muitas maneiras de divulgar eventos no mundo digital de hoje, como mídias sociais, marketing por e-mail e publicidade digital paga. Mas não abandone esse velho parceiro: Muitos jornais, revistas, organizações de mídia digital e emissoras de rádio e televisão ainda confiam no boletim informativo quando se trata de cobrir notícias e eventos locais.

Use estas seis dicas para elaborar boletins informativos que chamam a atenção e garantem um pouco de publicidade.

Chame a atenção das pessoas.

Toda matéria começa com uma proposta principal e o seu boletim informativo não pode ser diferente. Qual característica é o ponto mais interessante do seu evento e como ele é diferente de outras reuniões? A mensagem central do boletim informativo deve ser o que torna o evento especial. Em outras palavras, explique porque as pessoas desejarão comparecer ao evento. 

Uma vez estabelecido o “por que”, responda aos outros questionamentos: quem, o quê, onde e quando. 

Torne-o relevante.

Em uma pesquisa de 500 jornalistas, um argumento irrelevante foi classificado como a pior coisa no setor de relações públicas. Em segundo lugar: não entender o tom e o público da publicação. A moral da história aqui é fazer a sua pesquisa. Saber a quem você está direcionando o seu boletim informativo e personalizá-lo para essa pessoa ou estabelecimento. Se o texto não for relevante para o destinatário do seu e-mail, as suas iniciativas de mídia não levarão a lugar nenhum. 

Evite usar jargão.

Está tentando elucidar um evento de nicho ou técnico? Esqueça o jargão do setor. Acrônimos, títulos e qualquer outra linguagem específica que talvez não seria entendida por todos podem causar confusão para pessoas fora do setor. Lembre-se: se não for relevante, o argumento não será escolhido para publicação ou leitura. Ponto final. 

Seja breve.

Sejamos honestos: Ninguém tem tempo de ler o seu boletim informativo, cuja redação é impecável, mas tem 1.000 palavras. Para aumentar as chances de leitura do seu conteúdo, seja breve: cerca de 500 palavras ou menos, com divisão em subseções. Assim, os leitores podem passar os olhos rapidamente e encontrar a informação que estão procurando rapidamente: sim, você adivinhou, os fatos relevantes.

Revise o texto.

Lembre-se: o boletim informativo é a apresentação do seu evento ao mundo e um texto descuidado com erros de ortografia não causa uma boa impressão. Revise o texto para assegurar que todos os detalhes estão precisos e sem erros. E, claro, o corretor ortográfico é bom, mas certifique-se de que a revisão também passe por olhos humanos. Membros da equipe podem ler o produto final e avaliar com base no contexto e conhecimento sobre o evento, que falta ao software de correção ortográfica.

Insira informações de contato.

No fim do boletim, informe como as pessoas que estão lendo o texto podem entrar em contato com você, em caso de dúvidas. Dê seu nome e dados de contato, bem como links para o site do evento e nomes de usuários nas mídias sociais, para que as pessoas possam entrar em contato e ajudar a divulgar seu evento.
 

Powered By OneLink